Informe 115

Informe 115

30 de outubro de 2020

No dia 30/outubro foi realizada a vigésima reunião da Diretoria Executiva da gestão 2019-2021 da Sociedade Guarani, no restaurante da sede da Praia Brava, com a presença de todos os diretores.

“Guarani 2035”
O presidente Alexandre Kleis informou que o clube recebeu ofício do Ministério Público pedindo esclarecimentos sobre a supressão da vegetação, devidamente autorizada pelo INIS (ex-Famai). A Acquaplan, empresa de assessoria na área ambiental contratada pelo clube, já está respondendo a solicitação.

Foi informado que na segunda-feira passada comissão formada pelo presidente, pelo diretor de patrimônio Marcos José da Silva, pelo conselheiro Wagner Lanfranchi e pelo sócio Fernando Krobel se reuniu com o secretário de urbanismo Rodrigo Lamim para discutir a questão das ruas que circundam a área da Praia Brava. A prefeitura pretende instalar calçadas nas ruas Delfim de Pádua Peixoto, José Manuel da Silva e Lucy Canziani e, nas duas últimas, é necessário que o clube ceda área. O presidente Alexandre Kleis lembrou ao secretário que isso já foi feito em 1991, na gestão João Almir, para alargamento da rua Lucy Canziani, e que o clube não se furtará a novamente contribuir, mas desde que receba alguma indenização. Como não se cogita a desapropriação, foi proposto que se conceda certificado de potencial construtivo, para venda. Além disso, a prefeitura pretende prolongar as ruas Delfim de Pádua Peixoto e Renato Melim Cunha; a comissão se manifestou contrária ao primeiro pleito, mas sensível ao segundo. O assunto necessitará de outras reuniões.

No mesmo dia a comissão se reuniu com o advogado da Nova Itajaí (e sócio do clube) Dr. Márcio Dornelles, apresentando posição do Conselho Deliberativo de que a eventual cessão de mais de 31,5 mil metros quadrados de área na margem norte da lagoa do Cassino para a implantação de um parque linear, projeto que beneficiará sobremodo a Nova Itajaí, deverá ser compensada pela empresa. No dia seguinte, o clube encaminhou ao Dr. Dornelles ofício assinado pelos presidentes da Diretoria Executiva e do Conselho Deliberativo formalizando esta posição.

Social
O diretor social Rodrigo Correia informou que a festa de abertura da piscina será realizada dia 28/novembro.

Secretaria
A Diretoria Executiva analisou a questão da entrada de não sócio no clube, discutindo uma proposta que será apresentada dia 2 ao Conselho Deliberativo. Também discutiu a reserva de quiosques, permitida, com seis meses de antecedência, para aniversários e datas comemorativas. Ficou esclarecido que será entenderá “aniversários” como o do sócio e de seus dependentes, e “datas comemorativas” apenas batizados, comunhão e crisma.

O diretor secretário Murilo Chaves informou que, com a reunião da comissão de sindicância quinta-feira, dia 29, o número de 700 títulos se esgotou, havendo várias pessoas em uma fila de espera. A Diretoria Executiva discutiu a questão de título para filho de sócio, que, naturalmente, sempre deveria poder adquirir, dado o caráter familiar do clube. Foi elaborada uma proposta que será levada na citada reunião do dia 2 do Conselho Deliberativo.

Esporte
O diretor social Rodrigo Correia solicitou que grupos de sócios que jogam beach tennis em determinados dias no clube fossem homologados como feirinos e tivessem um quiosque reservado semanalmente. O assunto será estudado.