Informe 112

Informe 112

31 de agosto de 2020

No dia 31/agosto foi realizada a décima sétima reunião da Diretoria Executiva da gestão 2019-2021 da Sociedade Guarani, na sede da Praia Brava, com a presença física de todos os diretores e a presença virtual do vice-presidente Marcelo Heusi.

Tesouraria
O presidente da Diretoria Executiva apresentou a situação financeira de julho/2020, primeiro mês do exercício de julho/2020 a junho/2021. A receita operacional alcançou R$ 174,2 mil, dos quais R$ 168,2 mil oriundos de mensalidades, e a despesa operacional somou R$ 127,1 mil, sendo R$ 52,4 mil relativos a folha e seus encargos e R$ 42,9 mil de manutenção da sede da Praia Brava. Deste modo, o saldo operacional ficou em R$ 47,0 mil. Por outro lado, a receita não operacional foi de R$ 32,3 mil, sendo R$ 26,8 mil da venda de títulos, e a despesa não operacional somou R$ 79,7 mil. Deste modo, o saldo não operacional ficou em R$ 47,5 mil negativo, e o saldo final foi de R$ 0,4 mil negativo. No final de julho/2020 o saldo bancário alcançava R$ 1.334,3 mil, sendo R$ 93,4 mil do fundo operacional (artigo 184) e R$ 101,2 mil do fundo de reserva (artigo 185).

“Guarani 2035”
O presidente Alexandre Kleis apresentou a proposta para a chamada primeira etapa da segunda fase do Plano Diretor. Esta etapa se compõe de duas obras, a um custo estimado em R$ 4.549.000, a serem executadas de setembro/2020 a dezembro/2022: construção de duas quadras de tênis cobertas e de duas quadras de pádel cobertas e conclusão do conjunto sócio-esportivo Panorâmico.

Os custos para a construção de duas quadras de tênis cobertas e de duas quadras de pádel cobertas alcançam R$ 2.925.000, assim discriminados: (a) supressão da vegetação e sua retirada – R$ 29.500, (b) terraplanagem – R$ 312.000, (c) projeto arquitetônicos e complementares – R$ 80.000, (d) sondagem do solo e estaqueamento – R$ 85.100, sendo R$ 9.600 da sondagem, (e) estrutura das obras – R$ 675.000, (f) construção de duas quadras de tênis – R$ 198.000, (g) construção de duas quadras de pádel – R$ 245.400, (h) cobertura das quadras – R$ 1.300.000 (este valor já havia sido aprovado em assembleia geral extraordinária). Os custos para a conclusão do conjunto sócio-esportivo Panorâmico alcançam R$ 992.000, assim discriminados: (a) conclusão do vestiário central – R$ 190.000, (b) conclusão do 1º piso (bar do esporte e quiosque Canto do Morcego) – R$ 391.000, (c) conclusão do 2º piso (salão de festas e mirante) – R$ 411.000. O mobiliário, os equipamentos e a decoração destes espaços alcança R$ 632.000, assim discriminados: (a) vestiário central – R$ 23.000, (b) bar do esporte e Canto do Morcego – R$ 199.000, (c) deck – R$ 111.000, (d) salão de festas e mirante – R$ 299.000.

Os recursos para a execução destas obras serão oriundos do caixa do clube, do superávit operacional mensal, de uma chamada de capital e da venda de títulos. O caixa do clube tem hoje cerca de R$ 1.400.000; utilizaremos R$ 1.083.400. O superávit operacional mensal do clube está na casa dos R$ 30.000; utilizaremos R$ 20.000 mensais por 30 meses, somando R$ 600.000. A chamada de capital será de R$ 3.600 para cada um dos 660 sócios, e poderá ser paga ao longo de 30 meses (de janeiro/2021 a junho/2023) por R$ 120 mensais ou à vista por R$ 3.300. Pretende-se arrecadar R$ 2.376.000. O valor do título com a taxa de transferência passará para R$ 13.600 + 20% = R$ 16.320. Pretendemos vender 30 títulos, arrecadando R$ 489.600.

Esta proposta foi aprovada pela Diretoria Executiva e será encaminhada ao Conselho Deliberativo.

Jurídico
A Diretoria Executiva discutiu diversos itens do Regimento Interno, para envio ao Conselho Deliberativo. Estes itens são atos normativos, baixados nos últimos anos e que, se homologados pelo Conselho Deliberativo, serão incorporados ao Regimento Interno. Foram discutidos a questão dos feirinos de futebol (cap. III, seç. V), da entrada de não sócios convidados por sócios (cap. IV, seç. II), da cobrança da taxa de manutenção (cap. VII), das quadras de tênis (cap. IX, seç. I), das quadras de beach tennis (cap. IX, seç. II) e do campo de futebol (cap. IX, seç. III).

Patrimônio
O vice-presidente Marcelo Heusi disse que pretende estar com o novo playground instalado para o Dia das Criança.